Brasil, Entrevista, Não ficção

Lucas Figueiredo: “Por que o período Collor só merece meia dúzia de livros?”

Os ingredientes estão todos lá. Um presidente exibicionista, que anda de jet ski, jato, Ferrari, dá golpes de caratê, flerta com a cunhada, mora numa mansão cafona e cai do cargo acusado de corrupção. O tesoureiro é acusado de desviar milhões de dólares. Há drogas, máfia italiana, traição entre irmãos, mortes, protestos nas ruas. Isso… Continuar lendo Lucas Figueiredo: “Por que o período Collor só merece meia dúzia de livros?”

Anúncios
Crônica, Ficção, Guatemala

Do banquete às páginas de um livro

A noite começou assim, no alto de Tiradentes, no horizonte da serra de São José, com um frio incomum para quem estava lá embaixo, nos largos da festa. Brioches com manteiga e coalhada deram as boas vindas aos comensais, num salão de pousada que poderia muito bem receber um banquete medieval. Para abrir o festim,… Continuar lendo Do banquete às páginas de um livro