60 dias de isolamento, entre divagações e mais leituras

Nesta nova crônica sobre o confinamento, lamento a morte de Rubem Fonseca e Sérgio Sant'Anna e escreve sobre mais dois livros que li no período: "A Casa", de Chico Felitti, e "Os Fatos São Subversivos", de Timothy Garton Ash.

Notas de Leitura

"O Material Humano" (Benvirá), de Rodrigo Rey Rosa O escritor guatemalteco era muito elogiado por Roberto Bolaño. Neste livro, Rosa relato em forma de diário o trabalho de pesquisa feito nos chamados Arquivos, o local onde eram armazenada todas as informações daqueles considerados inimigos do país. Ele narra como foi enfrentar a burocracia para chegar até … Continue lendo Notas de Leitura

O outro lado da América Latina

Não dá para dizer que a literatura latino-americana é desprezada no Brasil. Afinal, as livrarias estão encharcadas de nomes como Borges, Gabo, Llosa, Paz, Sábato, Casares, Benedetti, Bolaños, Neruda, Onetti e Cortázar. Mas talvez falte algo além dos nomes consagrados. Já escrevi sobre o chileno José Donoso e o guatemalteco Rodrigo Rey Rosa, nomes que … Continue lendo O outro lado da América Latina