Ricardo Lísias aprofunda crítica social em seu novo livro, “A Vista Particular”

Li, em um post publicado no Facebook, que o novo livro de Ricardo Lísias, "A Vista Particular" (Alfaguara), seria engraçado, cômico, hilário - alguns dos adjetivos usados pelo autor do texto. Não conheço o autor, mas de alguma forma seu texto apareceu na minha timeline. Estava para começar a leitura do livro, portanto, de alguma … Continue lendo Ricardo Lísias aprofunda crítica social em seu novo livro, “A Vista Particular”

Anúncios

Ricardo Lísias: “As pessoas que fizeram a denúncia, com intenção de me causar problemas, acabaram produzindo um bem gigantesco para a literatura brasileira”

Era para ser uma série de e-books, com desdobramentos literários já planejados. Só que a história ultrapassou não somente a expectativa de seu autor, o escritor Ricardo Lísias, como deixou fronteiras narrativas para trás. Ficção e realidade se misturaram de tal forma que ficou impossível verificar qual era qual. Essa história começou quando Lísias lançou pela … Continue lendo Ricardo Lísias: “As pessoas que fizeram a denúncia, com intenção de me causar problemas, acabaram produzindo um bem gigantesco para a literatura brasileira”

Ricardo Lísias dita o próximo passo da literatura brasileira

Ler o nome de Ricardo Lísias em qualquer texto, crítica ou reportagem, é certeza de que ele estará associado ao termo autoficção. Seus dois últimos romances, "O Céu dos Suicidas" e "Divórcio" (ambos Alfaguara), invocavam com esse gênero, apesar de o próprio autor dizer, em entrevistas, que não enxergava dessa forma. Em entrevista ao blog, em … Continue lendo Ricardo Lísias dita o próximo passo da literatura brasileira

Notas de leitura

"28 Contos" (Companhia das Letras), de John Cheever Comecei a ler o autor americano por "Bullet Park" (Companhia das Letras), romance curto lançado há dois anos no Brasil. Mas o melhor de Cheever, como atestam os críticos, são os contos. Como explica Mario Sergio Conti no prefácio, a coletânea da qual foram retirados contos desta edição … Continue lendo Notas de leitura

A revolução digital da e-galáxia

O mercado de livros digitais no Brasil ainda é pequeno, cerca de 2% do total de títulos vendidos, um índice que varia pouco a cada ano. As editoras, entretanto, apostam no crescimento desse segmento. Raros são os lançamentos que não chegam nas duas plataformas - impressa e digital. A oferta de leitores digitais também cresce. … Continue lendo A revolução digital da e-galáxia

A batalha entre Ricardo Lísias e o delegado Tobias

Por Ricardo Ballarine (colaboração) Antes mesmo de estar disponível para compra, o e-book "Delegado Tobias" (e-galáxia), do escritor Ricardo Lísias, já despontava como um dos mais vendidos nas listas de pré-venda. Depois, alcançou o primeiro lugar na Amazon, Apple Store e na Livraria Cultura, na categoria ficção. O livro digital faz parte do selo Formas … Continue lendo A batalha entre Ricardo Lísias e o delegado Tobias

Uma lista um pouco diferente dos melhores do ano

Na onda de listas de fim de ano, o blog também fez a sua, mas um pouco diferente - só um pouco. Em vez de listar os melhores livros do ano, fiz uma seleção dos melhores livros e autores que li em 2013, sem me importar com sua data de lançamento ou publicação original. A … Continue lendo Uma lista um pouco diferente dos melhores do ano

“Acho uma pena que as pessoas acreditem que a ‘realidade’ seja algo assim tão facilmente apreensível”

Ricardo Lísias propõe um desafio ao leitor, especialmente do seu último livro, “Divórcio” (Alfaguara). Passar por suas páginas sem imaginar que o que lê é uma autobiografia. “O Céu dos Suicidas” (Alfaguara), o anterior, já propunha o embate, fortalecido na nova obra. Como seu contemporâneo Michel Laub, Lísias não faz uso de fronteiras – pode-se … Continue lendo “Acho uma pena que as pessoas acreditem que a ‘realidade’ seja algo assim tão facilmente apreensível”

Um inglês perdido nas prateleiras

Não me lembro de ter lido qualquer coisa sobre a nova edição de "O Papagaio de Flaubert" (Rocco), obra máxima do inglês Julian Barnes. A Rocco não fez nada a não ser colocar nas prateleiras, com nova capa. Também não li comentários ou resenhas ou notas na imprensa. Encontrei a segunda edição por acaso, numa … Continue lendo Um inglês perdido nas prateleiras