Lucas Figueiredo: “Por que o período Collor só merece meia dúzia de livros?”

Os ingredientes estão todos lá. Um presidente exibicionista, que anda de jet ski, jato, Ferrari, dá golpes de caratê, flerta com a cunhada, mora numa mansão cafona e cai do cargo acusado de corrupção. O tesoureiro é acusado de desviar milhões de dólares. Há drogas, máfia italiana, traição entre irmãos, mortes, protestos nas ruas. Isso … Continue lendo Lucas Figueiredo: “Por que o período Collor só merece meia dúzia de livros?”

Anúncios