Brasil, Coluna, Estados Unidos, HQ, Itália, Memórias, Não ficção

Notas de um Leitor — edição 1

Na primeira edição deste novo formato, tem entrevista com Daniel Dago, tradutor que divulga lançamentos no Facebook. Também há comentários sobre duas obras que tratam de Kobane, HQs, uma coletânea de podcasts que viraram textos, uma lista à la Alta Fidelidade, entre outras coisas.

Anúncios
Comentário, Estados Unidos, Ficção

“Diário de Inverno”: um Paul Auster irregular

Sou leitor de Paul Auster desde que seus livros começaram a sair no Brasil, no início dos anos 1990, ainda pela Best Seller/Círculo do Livro. Época de "A Trilogia de Nova York", "A Música do Acaso", "Mr. Vertigo" e, principalmente, "A Invenção da Solidão", seu primeiro livro e já reeditado pela Companhia das Letras, sua… Continuar lendo “Diário de Inverno”: um Paul Auster irregular

Brasil, Entrevista, Ficção

“Acho uma pena que as pessoas acreditem que a ‘realidade’ seja algo assim tão facilmente apreensível”

Ricardo Lísias propõe um desafio ao leitor, especialmente do seu último livro, “Divórcio” (Alfaguara). Passar por suas páginas sem imaginar que o que lê é uma autobiografia. “O Céu dos Suicidas” (Alfaguara), o anterior, já propunha o embate, fortalecido na nova obra. Como seu contemporâneo Michel Laub, Lísias não faz uso de fronteiras – pode-se… Continuar lendo “Acho uma pena que as pessoas acreditem que a ‘realidade’ seja algo assim tão facilmente apreensível”

Comentário, Estados Unidos, Ficção, HQ, Hungria

O pai e a mãe, na visão de uma lésbica: as HQs de Alison Bechdel

Em "A Ausência que Seremos" (Companhia das Letras), o colombiano Héctor Abad reconta a história do pai, assassinado em praça pública, ao mesmo tempo em que revê sua relação com ele. Em tom semelhante, Paul Auster tenta entender como é ser filho e pai, em "A Invenção da Solidão" (Companhia das Letras). Philip Roth também… Continuar lendo O pai e a mãe, na visão de uma lésbica: as HQs de Alison Bechdel