Notas de Leitura – duas obras raras, duas decepções

"Entre os Fiéis" (Companhia das Letras), de V.S. Naipaul O subtítulo indica o caminho do livro: Irã, Paquistão, Malásia e Indonésia - 1981. É a primeira viagem ao Islã relatada em livro pelo autor trinitário, Nobel em 2001, que voltaria aos mesmos países em 1998, em "Além da Fé". Misto de relato de viagem com … Continue lendo Notas de Leitura – duas obras raras, duas decepções

A última passagem por Kawabata

Desde que eu li pela primeira vez um livro de Yasunari Kawabata, ele se tornou não só o meu escritor japonês preferido, mas também um dos melhores que já passaram pelos meus olhos. Tudo começou com "A Casa das Belas Adormecidas", em algum momento do início dos anos 2000. Me encantei não só com a prosa de … Continue lendo A última passagem por Kawabata

A leitura de uma Nobel

Não me entusiasmo normalmente pelas nomeações do Nobel de Literatura. Dificilmente saiu à procura de algum autor desconhecido para mim após a premiação. Há os que vencem e que já foram lidos, como Mario Vargas Llosa e Jean-Marie Gustave Le Clézio. Talvez eu leia um dia Doris Lessing, por conta de um texto antigo de … Continue lendo A leitura de uma Nobel

Leitura em andamento – “Conversa no Catedral”

Não posso dizer que sou um leitor regular de Mario Vargas Llosa. Já li vários de seus livros, mas sempre em espaços de tempo generosos. Meu primeiro contato com o peruano foi com o então "Batismo de Fogo", hoje traduzido fielmente como "A Cidade e os Cachorros". Passei por "Pantaleão e as Visitadoras", "Travessuras da … Continue lendo Leitura em andamento – “Conversa no Catedral”