Uma decepção chamada “Funny Girl”. Ou como Nick Hornby conseguiu entregar um livro chato

Sou leitor de Nick Hornby desde 1998, quando foi publicado em português, pela primeira vez, "Alta Fidelidade" (na época, Rocco, hoje, Companhia das Letras). Li, desde então, todos os seus livros: "Um Grande Garoto", "Febre de Bola", "Como Ser Legal", "Slam", "Uma Longa Queda" e "Juliet, Nua e Crua". Sua prosa límpida, bem construída e … Continue lendo Uma decepção chamada “Funny Girl”. Ou como Nick Hornby conseguiu entregar um livro chato

Anúncios