Um caminho para o blog

Não sou muito fã das colunas sobre livros que existem no Brasil. As que conheço se apoiam em antecipar lançamentos e dizer qual editora comprou os direitos de determinado livro. Ficam nesse jogo de "quem conhece mais gente no mercado editorial", que cansa e não dá prazer nenhum de ler. Não é isso que espero de uma coluna sobre livro.

Anúncios

O destino dos livros e um até breve – breve mesmo

Diz o velho clichê que mudança é um bom motivo para rever suas coisas e se desfazer de algumas delas. Quando a mudança acontece com o objetivo de buscar outro estilo de vida, de buscar aquela história de "menos é mais", essa revisão se faz pertinente. Entre os itens que passaram por reavaliação estão meus livros. … Continue lendo O destino dos livros e um até breve – breve mesmo

O adeus à Mineiriana

Quando entro numa livraria, me sinto em casa. Me sinto acolhido. Mesmo naquelas que não merecem ser chamadas de livraria. A passagem pode ser rápida, mas ainda assim os poucos minutos lá dentro me devotam paz - e não preciso sair de sacola para ter tal sensação, bastam o andar pelos corredores e a procura nas prateleiras. … Continue lendo O adeus à Mineiriana

Uma homenagem ao ato de ler

O blog não faz referência à sua autora, não tem descrição nem aquelas ferramentas nas barras laterais. Constitui-se de duas coisas apenas: uma foto, normalmente de um livro ou de uma pessoa lendo, e um texto, que conta uma história a respeito da imagem. Não há links para redes sociais. Espartano, limpo e delicioso. O … Continue lendo Uma homenagem ao ato de ler

Os livros nos pontos de ônibus de Uberlândia

O incentivo à leitura sempre é bem-vindo. Não importa onde. Quanto mais inusitada sua origem, melhor. Se for para aproveitar a ocasião, a chance de conquistar um leitor aumenta. Reportagem feita pela TV Vitoriosa, retransmissora do SBT em Uberlândia, mostra o projeto de difusão de leitura nos pontos de ônibus. Estandes com livros nas estações ficam à … Continue lendo Os livros nos pontos de ônibus de Uberlândia

O passageiro também é leitor

Chamo o táxi e, por conta das sacolas, fico no banco de trás. Após informar o destino, observo as costas do banco do passageiro e vejo um bolsão com o adesivo: Bibliotáxi. Leio e fico sabendo da parceria entre a Saraiva e o Easy Táxi, aplicativo para chamar carros. A livraria, em comemoração aos seus 100 … Continue lendo O passageiro também é leitor

Alberto Manguel: “Eu costumava acreditar que não podíamos pensar sem palavras. Agora eu não tenho tanta certeza”

Se Harold Bloom estuda e enaltece grandes escritores e suas obras, Alberto Manguel costuma tratar de sua paixão com mais romantismo. Os livros e as bibliotecas são temas de ensaios em que imprime um tom muito pessoal, muitas vezes em primeira pessoa. É um amante dos livros, da história das bibliotecas e do ato de … Continue lendo Alberto Manguel: “Eu costumava acreditar que não podíamos pensar sem palavras. Agora eu não tenho tanta certeza”

Dos arquivos: Um novo elogio à loucura

"Em diversos momentos de minha longa vida de leituras senti a tentação de escrever uma autobiografia baseada exclusivamente nos livros que tiveram importância para mim." Alberto Manguel tem dedicado seus últimos anos aos ensaios sobre livros e ao ato de ler, como em "A Biblioteca à Noite" e "Os Livros e os Dias". Dessa forma, … Continue lendo Dos arquivos: Um novo elogio à loucura

Escola do Recife cresce com iniciativa de apoio à leitura

Janaína Luna é professora de português da Escola Estadual Professor Fernando Mota, em Recife (PE). Fez contato com o blog timidamente, por email, querendo saber se havia interesse em falar sobre um projeto que ela desenvolve na instituição, impulsionada pela tag/seção Apoio à Leitura. O Amplificando a Leitura foi criado há dois anos e pretende estimular os alunos … Continue lendo Escola do Recife cresce com iniciativa de apoio à leitura

Da biblioteca de casa: Alberto Manguel

"Os livros dão uma identidade peculiar a um cômodo qualquer e são mesmo capazes de usurpar a identidade do proprietário - uma característica bem conhecida daquelas personalidades aparvalhadas que se deixam retratar à frente de uma parede coberta de livros, na esperança que lhe confiram algum lustro erudito. Sêneca zombava de leitores fanfarrões que confiavam … Continue lendo Da biblioteca de casa: Alberto Manguel