O adeus à Mineiriana

Quando entro numa livraria, me sinto em casa. Me sinto acolhido. Mesmo naquelas que não merecem ser chamadas de livraria. A passagem pode ser rápida, mas ainda assim os poucos minutos lá dentro me devotam paz - e não preciso sair de sacola para ter tal sensação, bastam o andar pelos corredores e a procura nas prateleiras. … Continue lendo O adeus à Mineiriana

Uma ladeira na livraria

Impulsionado sobre o post das Livrarias de Rua de Belo Horizonte, lembrei de um texto do antigo blog. Em 2007, escrevi sobre a loja da Livraria Cultura inaugurada no Conjunto Nacional, na avenida Paulista, em São Paulo. Na época, não havia gostado. Hoje, gosto menos ainda. Quase sete anos depois, o lugar é um horror … Continue lendo Uma ladeira na livraria