Brasil, Comentário, Crônicas

Nova antologia reforça a falta que Paulo Francis faz ao jornalismo cultural

"A Segunda Mais Antiga Profissão do Mundo" é o segundo volume de textos do jornalista.

Comentário, HQ, Malta, Não ficção

Joe Sacco revê seu jornalismo em “Reportagens”

Sou fã de Joe Sacco. Desde sua estreia no Brasil, ainda na Conrad, com "Palestina - Uma Nação Ocupada", em 2000. Sua forma de fazer jornalismo, muito além de narrar um fato por meio de uma HQ, provoca um debate rico e atual. Sacco se insere na reportagem, é retratado pelo seu traço e faz… Continuar lendo Joe Sacco revê seu jornalismo em “Reportagens”

Brasil, Entrevista, Não ficção

“O Nascimento de Joicy”: mais do que a história de uma nova mulher, uma discussão madura sobre o jornalismo

Joicy mora no interior de Pernambuco, é cabelereira, filha de gente da roça. Fabiana é jornalista, mora no Recife e trabalha no principal jornal da capital, o "Jornal do Commercio". As duas se encontraram por acaso, num hospital, em 2010. Joicy não estava doente quando a jornalista teve seu primeiro contato com ela. Pelo contrário,… Continuar lendo “O Nascimento de Joicy”: mais do que a história de uma nova mulher, uma discussão madura sobre o jornalismo

Comentário, Inglaterra, Não ficção

“Vale Tudo da Notícia”: Como o jornalismo de Rupert Murdoch levou um título centenário ao chão

A história é conhecida. Jornalistas de veículos de Rupert Murdoch, especialmente do tabloide "News of the World", foram pegos numa trama de escutas ilegais que desembocou na prisão de um editor e no fim do jornal. Foi um escândalo detonado por investigações jornalísticas, um trabalho que levou alguns meses até ser publicado no "The Guardian"… Continuar lendo “Vale Tudo da Notícia”: Como o jornalismo de Rupert Murdoch levou um título centenário ao chão

Comentário, Ficção, Itália

O jornalismo imbecil, por Umberto Eco

O novo livro de Umberto Eco, "Número Zero" (Record), fez muito barulho antes de sair no Brasil. O autor, tanto no romance como nas entrevistas que deu para divulgação, trata do jornalismo e das redes sociais. Para Eco, a internet está deixando as pessoas mais imbecis - foi mais ou menos isso que ele disse.… Continuar lendo O jornalismo imbecil, por Umberto Eco

Brasil, Ensaio, Entrevista

Jornalismo na mira: o que restou dois anos depois da explosão da Mídia Ninja

Há quase dois anos, o Brasil vivia os protestos nas ruas que, primeiro, queriam derrubar o aumento das tarifas de ônibus e, depois, gritavam contra praticamente tudo: corrupção, impunidade, governo, capitalismo e por aí vai. Viveu também os ataques dos black blocs, que destruíram lojas, bancos e patrimônio público. Simultaneamente, o país descobriu uma nova… Continuar lendo Jornalismo na mira: o que restou dois anos depois da explosão da Mídia Ninja

Arquivos, Ensaio, Estados Unidos, Não ficção

Dos arquivos: Janet Malcolm investiga a ética jornalística

A história parece absurda, mas é real, e o livro que a relata poderia facilmente substituir uns dois anos de faculdade de jornalismo - quiça o curso inteiro. “O Jornalista e o Assassino”, de Janet Malcolm, é um misto de reportagem e ensaio, para discutir ética jornalística e métodos de apuração. Ouro puro. Eis os… Continuar lendo Dos arquivos: Janet Malcolm investiga a ética jornalística

Estados Unidos, Memórias, Obituário

David Carr, 1956-2015

Não sei como o livro chegou às minhas mãos. Mas rapidamente se tornou uma leitura compulsiva e que me faz relembrá-lo regularmente. A morte de David Carr, jornalista e colunista de mídia do "The New York Times", me fez buscar "A Noite da Arma" (Record), sua autobiografia, dos livros mais corajosos e que deveria ser… Continuar lendo David Carr, 1956-2015

Argentina, Arquivos, Comentário, Não ficção

Dos arquivos: Um massacre desvendado

A história parece ficção. Um grupo de homens que ouvia uma luta de boxe pelo rádio em 1956 é subitamente levado para um bosque e fuzilado. Aqueles homens seriam esquerdistas, assim pensava o comando militar que ordenou a missão. Eram apenas homens comuns. O fato ganhou ares de fantasia quando se descobriu que parte daquele… Continuar lendo Dos arquivos: Um massacre desvendado

Comentário, Estados Unidos, Não ficção

“Todos os Homens do Presidente”, 40 anos depois, ainda atual

O jornalismo tem alguns livros que são míticos. "Fama e Anonimato" (Companhia das Letras), de Gay Talese, é um deles. "A Sangue Frio" (idem), de Truman Capote, "Hiroshima" (idem), de John Hershey, e "Despachos do Front" (Objetiva), de Michael Herr, são outros citados como obrigatórios em qualquer lista dos melhores livros de reportagens. Mas talvez o… Continuar lendo “Todos os Homens do Presidente”, 40 anos depois, ainda atual