Julián Fuks: “A melhor maneira de resistir aos fatos é começar por assumi-los sem meias palavras”

"A Resistência" (Companhia das Letras) chega ao fim de 2016 consagrado. Venceu o Prêmio Jabuti de Livro de Ficção do Ano e ficou em segundo lugar no Prêmio Oceanos. No livro, Julián Fuks trata do irmão adotado e da vida dos pais, que lutaram contra a ditadura militar na Argentina e se exilaram no Brasil. … Continue lendo Julián Fuks: “A melhor maneira de resistir aos fatos é começar por assumi-los sem meias palavras”

Notas de leitura

"Engolido pelas Labaredas" (Companhia das Letras), de David Sedaris Após ler "Eu Falar Bonito um Dia", fiquei interessado no trabalho de Sedaris, autor que mistura autobiografia e ensaios, num formato muito próximo ao da crônica, com bom humor e uma esperta observação do que ocorre ao redor. Neste outro volume de textos, estamos novamente diante … Continue lendo Notas de leitura

Notas de leitura

"Minha Mãe se Matou sem Dizer Adeus" (Record), de Evandro Affonso Ferreira O impacto de "O Mendigo que Sabia de Cor os Adágios de Erasmo de Rotterdam" (Record) me fez rondar a obra do escritor. Faço então o caminho inverso, e recuo ao antecessor do vencedor do Jabuti 2013. Neste, as invenções linguísticas se mostram … Continue lendo Notas de leitura

O leitor como testemunha da loucura

A lista dos vencedores do Prêmio Jabuti de 2013 me atiçou a ler "O Mendigo que Sabia de Cor os Adágios de Eramos de Rotterdam" (Record", de Evandro Affonso Ferreira. O título venceu como melhor ficção e, segundo a crítica, foi capaz de bater "Barba Ensopada de Sangue", de Daniel Galera - algumas publicações fizeram … Continue lendo O leitor como testemunha da loucura