Bielorrússia, Ficção, Inglaterra, Não ficção, Notas de leitura

Notas de Leitura: uma decepção, um assombro

Já vivi um tempo em que me sentia obrigado a chegar ao final de um livro que não estava me encantando. Caminhava até a última página, com muito custo, levando o tempo necessário. Hoje, já não me sinto culpado por fechar um livro e devolvê-lo à estante da biblioteca caso ele não tenha me conquistado.… Continuar lendo Notas de Leitura: uma decepção, um assombro

Comentário, Ficção, Inglaterra

“A Balada de Adam Henry” em três atos

1 Li Ian McEwan pela primeira vez em algum momento no final dos anos 90. Seus livros eram publicados pela Rocco - hoje, o catálogo pertence à Companhia das Letras. Não lembro mais qual foi o livro que me iniciou em sua obra - "Ao Deus-Dará", "A Criança no Tempo", "Amsterdam" e "Primeiro Amor, Último… Continuar lendo “A Balada de Adam Henry” em três atos

Estados Unidos, Ficção, HQ, Inglaterra, México, Música

O prazer do retorno: McEwan, Rulfo e Crumb estão de volta

Provavelmente, eu teria o dobro de livros que tenho hoje se eu tivesse mantido a minha biblioteca intacta. Muitos, centenas se foram ao longo de anos. Doados, vendidos e trocados em sebos, vendidos no Estante Virtual, emprestados que nunca voltaram, perdidos nas mudanças. A maior parte deles não gera arrependimento. Mas alguns me obrigam a… Continuar lendo O prazer do retorno: McEwan, Rulfo e Crumb estão de volta

Comentário, Ficção, Inglaterra

O livro que se transforma

Colecionadores e aficionados são "vítimas" de uma tática da indústria musical atualmente. Para contar a constante queda nas vendas, as gravadoras encontraram um meio para evitar a agonia: lançamentos especiais de álbuns que marcaram uma era ou que se tornaram clássicos. São as tais edições deluxe, com faixas extras e mais um monte de penduricalhos.… Continuar lendo O livro que se transforma