A história da mulher negra que ajudou a ciência sem saber

Rebecca Skloot conta, em "A Vida Imortal de Henrietta Lacks", como a comunidade científica dos anos 50 fez uso de suas células sem informar a família.