“O Homem que Amava os Cachorros”: um livro monumental

Um livro monumental. Só lançando mão de um adjetivo na abertura do texto para conseguir falar de "O Homem que Amava os Cachorros" (Boitempo), do cubano Leonardo Padura. Espécie de romance histórico, foi classificado por Elio Gaspari como um policial. É tudo isso e mais. Padura faz literatura policial, thriller, romance histórico e um exercício de … Continue lendo “O Homem que Amava os Cachorros”: um livro monumental

Anúncios

Robert Capa: O homem que esteve perto demais

“Se suas fotos ainda não estão boas o suficiente, é porque você ainda não está perto o suficiente.” Robert Capa assim conduzia seu trabalho, assim definiu o trabalho do fotojornalista. O maior fotógrafo de guerra esteve muito perto de conflitos decisivos do século 20, como a 2ª Guerra Mundial e a Guerra Civil Espanhola. Ele … Continue lendo Robert Capa: O homem que esteve perto demais

O tempo e a saudade

"Perguntei-lhe sobre aquele tempo, quando ainda éramos tão jovens, ingênuos, impetuosos, tontos, despreparados. Algo disso restou, menos a juventude." Esta foi minha porta de entrada para a obra de Antonio Tabucchi. É o trecho de abertura de "O Círculo", o primeiro conto de "O Tempo Envelhece Depressa" (CosacNaify). Como não se envolver, então, pela história … Continue lendo O tempo e a saudade