Livro decifra o fenômeno dos jogadores expatriados

Nos jogos da Espanha na Copa do Mundo no Brasil, bastava o atacante Diego Costa tocar na bola para que a torcida o vaiasse. A brasileira, não a espanhola nem a rival da hora. Jogador sem passagem por clubes brasileiros, Diego foi para Portugal com 17 anos. Tornou-se artilheiro quando pousou na Espanha e se … Continue lendo Livro decifra o fenômeno dos jogadores expatriados

Anúncios