Comentário, Ficção, Japão

A perversão de um velho louco diante da morte

O trabalho que a editora Estação Liberdade vem fazendo com a literatura japonesa é semelhante ao que a Editora 34 realiza com a literatura russa. Traduções diretas do original, cuidado nas edições, bom acabamento e curadoria de autores que vão dos clássicos aos mais desconhecidos. Da Liberdade, sou seguidor das obras de Yasunari Kawabata. Recentemente, li… Continuar lendo A perversão de um velho louco diante da morte

Anúncios
Arquivos, Colômbia, Comentário, Ficção, Japão

Dos arquivos: Yasunari Kawabata

Houve uma época que, em momentos de tensão ou ansiedade, eu recorria a Gabriel García Márquez. Qualquer livro, para ler ou reler, era uma espécie de recarga. Um porto seguro. Sua leitura devolvia as forças necessárias para o momento. O mergulho em seu universo proporcionava esse alívio. Hoje, Gabo foi substituído por Yasunari Kawabata. Sua… Continuar lendo Dos arquivos: Yasunari Kawabata