Comentário, Estados Unidos, Ficção

De Cuba a Albany, com jazz e santería

O meu primeiro contato com William Kennedy foi frustrante. A publicação do ciclo de Albany, série de sete livros em que o autor retrata os Estados Unidos na primeira metade do século 20, foi o que me motivou a ler sua obra. Edição da Cosac Naify, bem recomendada, um tema que remetia aos gângsters de… Continuar lendo De Cuba a Albany, com jazz e santería

Anúncios
Biografias/Perfis, Estados Unidos, Ficção, Holanda, Itália, Não ficção

Notas de leitura

"A Beleza e o Inferno" (Bertrand Brasil), de Roberto Saviano O escritor italiano, depois de "Gomorra", foi jurado de morte pelos mafiosos napolitanos, que leram no livro seus negócios e relações escancarados pelo trabalho jornalístico de Saviano. Entre este já clássico do jornalismo moderno e outro trabalho de fôlego, "Zero Zero Zero", sobre o tráfico… Continuar lendo Notas de leitura

Comentário, Estados Unidos, Não ficção, Noruega

A guerra pelo olhar dos combatidos

Escrever sobre guerra é tema fundamental do jornalismo. Muitos argumentam que nesse gênero está a essência do jornalismo, em que o repórter é confrontado com o fato da forma mais cruel. Michael Herr ("Despachos do Front"), José Hamilton Ribeiro ("O Gosto da Guerra"), Ryszard Kapuscinski ("Ébano") são alguns nomes que traduziram conflitos em literatura. Martha Gellhorn… Continuar lendo A guerra pelo olhar dos combatidos

Colaboração, Crônica

Os livros que somos

Por Paulo Sales Acabo de ler o texto publicado neste blog sobre os dez melhores “amigos” de Freud: obras que ele considerava essenciais e que de certa forma amplificaram sua visão de mundo. E lembrei de minha própria (e evidentemente muito mais modesta) lista de dez “amigos”, que o próprio Ricardo me encomendou outro dia, através… Continuar lendo Os livros que somos