“Acho uma pena que as pessoas acreditem que a ‘realidade’ seja algo assim tão facilmente apreensível”

Ricardo Lísias propõe um desafio ao leitor, especialmente do seu último livro, “Divórcio” (Alfaguara). Passar por suas páginas sem imaginar que o que lê é uma autobiografia. “O Céu dos Suicidas” (Alfaguara), o anterior, já propunha o embate, fortalecido na nova obra. Como seu contemporâneo Michel Laub, Lísias não faz uso de fronteiras – pode-se … Continue lendo “Acho uma pena que as pessoas acreditem que a ‘realidade’ seja algo assim tão facilmente apreensível”