Brasil, Comentário, Não ficção

“Cova 312”: quando o jornalismo autocelebratório esconde a história

O blog é entusiasta de livros de não ficção, especialmente os de longa reportagem. Muito além do gosto pessoal por esse gênero, essa preferência tem a ver com a mudança dos rumos do jornalismo. Acredito que esse tipo de narrativa, mais longa e detalhada, é o caminho no qual veículos médios e grandes deveriam apostar.… Continuar lendo “Cova 312”: quando o jornalismo autocelebratório esconde a história

Anúncios