Comentário, Ficção, México

“Pedro Páramo”, a obra-prima incompreendida. Ainda. Por mim

Li "Pedro Páramo" pela primeira vez em algum momento há mais de 14 anos, uma edição da Paz e Terra que trazia também a coletânea de contos "O Planalto em Chamas". Em 2004, a Record reeditou o livro, com tradução de Eric Nepomuceno, e rebatizou a compilação de "Chão em Chamas"."Pedro Páramo" é considerado a… Continuar lendo “Pedro Páramo”, a obra-prima incompreendida. Ainda. Por mim

Anúncios