Chile, Entrevista, Ficção

Lina Meruane: a cegueira como forma de reativar memórias

O livro começa com as páginas brancas. A leitura é plena, sem perturbação. Aos poucos, as páginas se escurecem, até chegar ao final num cinza tão escuro que força o leitor a buscar mais luz para concluir a leitura. "Sangue no Olho" (Cosac Naify), da chilena Lina Meruane, surpreende com um projeto gráfico único e… Continuar lendo Lina Meruane: a cegueira como forma de reativar memórias

Anúncios
Chile, Entrevista, Ficção

Alejandro Zambra fala com o blog: “Sabíamos que não havia nada que poderíamos ter feito”

Seus livros são curtos - o mais longo lançado no Brasil tem 157 páginas. Ele não tem medo de abrir um romance com a frase "No final ela morre e ele fica sozinho". O chileno Alejandro Zambra já é considerado um dos grandes autores sul-americanos, com romances, ensaios e poesia publicados. Nascido em 1975, não… Continuar lendo Alejandro Zambra fala com o blog: “Sabíamos que não havia nada que poderíamos ter feito”

Chile, Comentário, Ficção

Um chileno que conta histórias do deserto

Pouco conhecia da literatura chilena até uns dois anos atrás. Além de Pablo Neruda, passei e não me dei bem com Roberto Bolaño. De Isabel Allende, não li nada, apesar de receber recomendações de gente que sabe ler. Assim como Antonio Skármeta. Mas nos últimos tempos, talvez inspirado pelas editoras que investiram no Chile, cheguei… Continuar lendo Um chileno que conta histórias do deserto

Chile, Comentário, Ficção

Na profundeza latina

Sou aficionado por livrarias. Qualquer uma, de qualquer tamanho. Se gosto ou não, o reflexo será o tempo que passarei dentro de determinada livraria. E essa relação não depende de eu sair da loja com uma sacola. Posso passar um bom tempo apenas olhando e folheando. Por isso, na lista de livrarias que foram dispensadas… Continuar lendo Na profundeza latina