Edyr Augusto: “Creio que há algum preconceito contra o que é escrito no Norte”

O autor de "Pssica", Edyr Augusto | Foto: Luiz Braga/Divulgação

Em entrevista ao blog, o autor Edyr Augusto fala de "Pssica", romance que se passa no Pará e que tem uma linguagem seca e urgente. Na trama, violência urbana, tráfico de mulheres e corrupção. O escritor também trata da dificuldade de publicar e reflete sobre o mercado editorial.

Notas de leitura – Primavera Árabe

"O Silêncio contra Muamar Kadafi" (Companhia das Letras), de Andrei Netto O livro dá toda a impressão que vai conquistar só pelo subtítulo: "A revolução na Líbia pelo repórter brasileiro que esteve nos calabouços do regime". Andrei Netto é correspondente de "O Estado de S.Paulo" em Paris e foi deslocado para cobrir o movimento na … Continue lendo Notas de leitura – Primavera Árabe

Autora de “Viagem à Palestina” conversa com o blog: “Não há mais o que proibir”

O subtítulo “Prisão a Céu Aberto” é a melhor definição para o livro da jornalista Adriana Mabilia. Ela viajou à Palestina para investigar como vivem as pessoas com circulação restrita, que têm que enfrentar os checkpoints impostos por Israel e o muro que divide casas ao meio e separa famílias. “Viagem à Palestina” (Civilização Brasileira) … Continue lendo Autora de “Viagem à Palestina” conversa com o blog: “Não há mais o que proibir”