Lisboa, por Antonio Tabucchi

Em "Meia-Noite em Paris", Woody Allen reproduz os anos 20 na capital francesa, época de grande produção cultural em que nomes exilados transformavam a cultura. Parte de um sonho: um escritor norte-americano se vê transportado do século 21 para a casa de Gertrude Stein. Essa fábula recriou Hemingway, Picasso, Fitzgerald, entre outros. Era um homem … Continue lendo Lisboa, por Antonio Tabucchi

Uma lista um pouco diferente dos melhores do ano

Na onda de listas de fim de ano, o blog também fez a sua, mas um pouco diferente - só um pouco. Em vez de listar os melhores livros do ano, fiz uma seleção dos melhores livros e autores que li em 2013, sem me importar com sua data de lançamento ou publicação original. A … Continue lendo Uma lista um pouco diferente dos melhores do ano

O tempo e a saudade

"Perguntei-lhe sobre aquele tempo, quando ainda éramos tão jovens, ingênuos, impetuosos, tontos, despreparados. Algo disso restou, menos a juventude." Esta foi minha porta de entrada para a obra de Antonio Tabucchi. É o trecho de abertura de "O Círculo", o primeiro conto de "O Tempo Envelhece Depressa" (CosacNaify). Como não se envolver, então, pela história … Continue lendo O tempo e a saudade