Daytripper: uma viagem em cores

Os brasileiros Fábio Moon e Gabriel Bá criaram uma HQ de rara sensibilidade, amarrada em um roteiro que explora as possibilidades de cores e transições.

Um romance policial para aliviar tensões

Para ajudar a abstrair em tempos de tensão, um livro policial funciona muito bem para mim. Caso de "O Homem de Beijing", do sueco Henning Mankell.

Uma reportagem que se lê como um romance policial

O jornalista Philip Gourevitch reconstrói a história de um assassino de duas pessoas que nunca foi encontrado após o crime, em 1970.

Da biblioteca de casa: O cinema como Scorsese o vê

Entrevistado pelo crítico e documentarista Richard Schickel, Martin Scorsese usa sua verve para falar de técnicas, influências, cultura, tradições.

“A Morte de Ivan Ilitch”: Tolstói traduz a decadência

A leitura dos "Contos Completos" de Tolstói me fez buscar "A Morte de Ivan Ilitch", que não entrou na coletânea organzida por Rubens Figueiredo para a Cosac Naify - a justificativa é que o história se coloca mais como uma novela. "A Morte de Ivan Ilitch" é uma obra-prima da narrativa curta, escrita na fase … Continue lendo “A Morte de Ivan Ilitch”: Tolstói traduz a decadência

Muhammad Ali (1942-2016): Um rei desnudado na biografia de David Remnick

Escrevi um texto para o blog anterior sobre "O Rei do Mundo", biografia de Muhammad Ali, por David Remnick. Com a morte do boxeador hoje, fui buscá-lo. O livro é muito mais do que a história de Ali, pois ele se transforma numa biografia de época e do papel que o esportista representou num momendo decisivo … Continue lendo Muhammad Ali (1942-2016): Um rei desnudado na biografia de David Remnick

Cervantes e “Dom Quixote”: 400 anos de modernidade – Parte 2

A seguir, a entrevista com a hispanista Suelu Reis Pinheiro, que falou sobre Cervantes para a reportagem publicada em 2005, no quarto centenário do lançamento de "Dom Quixote". Este é o segundo post do especial do escritor. A primeira parte tem  a reportagem principal e a terceira consta de um artigo de uma especialista em … Continue lendo Cervantes e “Dom Quixote”: 400 anos de modernidade – Parte 2

Cervantes e “Dom Quixote”: 400 anos de modernidade – Parte 3

Para fechar ao especial sobre os 400 anos da morte de Cervantes, publico artigo de Maria Augusta da Costa Vieira, professora de literatura espanhola da Universidade de São Paulo e autora de “O Dito Pelo Não Dito: Paradoxos de Dom Quixote” (ed. Edusp). O texto foi uma encomenda para "O Tempo", como parte da reportagem especial … Continue lendo Cervantes e “Dom Quixote”: 400 anos de modernidade – Parte 3

Cervantes e “Dom Quixote”: 400 anos de modernidade – Parte 1

Em 2005, escrevi uma reportagem para "O Tempo" sobre os 400 anos de "Dom Quixote". Aproveitava o lançamento de uma edição especial do livro pela Real Academia Espanhola. No pacote, havia, além do texto principal, uma entrevista com uma especialista em literatura espanhola e um artigo de uma estudiosa da obra de Miguel de Cervantes. Reproduzo … Continue lendo Cervantes e “Dom Quixote”: 400 anos de modernidade – Parte 1

“Moby Dick” e sua versão definitiva

A estreia do filme "No Coração do Mar" me fez recuperar essa reportagem que escrevi em 2008 para o jornal "O Tempo", de Belo Horizonte, sobre o lançamento de uma edição especial de "Moby Dick", pela Cosac Naify. Herman Melville teria se inspirado a escrever o grande romance após conhecer os relatos narrados no filme, … Continue lendo “Moby Dick” e sua versão definitiva