Notas de um Leitor — edição 2

Nesta edição da coluna, Tiago Ferro fala sobre "O Pai da Menina Morta". Também escrevo sobre "O Laço", a nova HQ de Chester Brown, um comentário sobre o Prêmio Bravo! e uma vietnamita que revisitou seu passado uma obra impactante. Para fechar, as listas do blog.

Anúncios

Notas de um Leitor — edição 1

Na primeira edição deste novo formato, tem entrevista com Daniel Dago, tradutor que divulga lançamentos no Facebook. Também há comentários sobre duas obras que tratam de Kobane, HQs, uma coletânea de podcasts que viraram textos, uma lista à la Alta Fidelidade, entre outras coisas.

Uma crônica bissexta sobre alguns livros

Neste texto, escrevo sobre cinco livros: "O Vendido", "Nadando de Volta para Casa", "Múltipla Escolha", "Comer Animais" e a terceira parte de "O Árabe do Futuro".

Sonata de Outono

Paulo Sales escreve sobre o romance "Nossas Noites", de Kent Haruf

Notas de Leitura – Gordon Lish, Mankell e ensaios sobre violência policial

Nestas Notas, um livro de contos, outro de ensaios sobre a violência da PM e um romance policial.

Gay Talese transforma o leitor em um voyeur em seu novo livro

É possível dizer que este "O Voyeur" teve dois lançamentos. O primeiro: quando foi anunciado como novo livro de Gay Talese, um dos jornalistas fundadores do gênero jornalismo literário, autor de obras fundamentais como "Fama e Anonimato" e "O Reino e o Poder" (todos os livros da Companhia das Letras). A história é empolgante. Talese … Continue lendo Gay Talese transforma o leitor em um voyeur em seu novo livro

Notas de Leitura – Jogo rápido para cinco livros

Estas notas serão um jogo rápido, para dar conta dos livros que li nos últimos dois meses. A eles. Algumas livrarias não sabem o que fazer com o estoque que têm. Então, vez ou outra, liquidam seus livros, e uma boa dose de paciência pode levar o leitor a encontrar um título interessante, que não … Continue lendo Notas de Leitura – Jogo rápido para cinco livros

Bob Dylan, o homem que captou o espírito do seu tempo

Por Paulo Sales Muitos anos depois, diante da minha velha coletânea de Bob Dylan, eu recordaria aquela tarde remota em que um amigo me levou para conhecer o bardo judeu romântico de Minnesota. Eu era então um jovem de 17 anos, ansioso por desbravar o mundo e fazer dele o meu quintal. Estávamos de férias … Continue lendo Bob Dylan, o homem que captou o espírito do seu tempo

Manson e os cuidados com as biografias

Por Márcio Tadeu Santos Acabei de ler "Manson" (Darkside), de Jeff Guinn (1). Passei a obra à frente de outras tantas que estou lendo, algumas há meses, outras há anos. Nunca gostei de biografias e de autobiografias. Não contam mais de dez entre as lidas, como, por exemplo: “Che Guevara: A Vida em Vermelho” (Companhia das … Continue lendo Manson e os cuidados com as biografias

Contradições ao fim da leitura de “Pureza”

Por Paulo Sales Lançado recentemente no Brasil pela Companhia das Letras, "Pureza" não alcança o patamar dos grandes romances de Jonathan Franzen Tanto "As Correções" como "Liberdade", romances anteriores de Franzen, traçam um painel mordaz e impiedoso da vida americana através de núcleos bem definidos: a disfuncional família Lambert no primeiro, o triângulo amoroso formado por … Continue lendo Contradições ao fim da leitura de “Pureza”