Notas de Leitura: 4 HQs fenomenais

O ano vem sendo pródigo em leitura de quadrinhos. Tenho descoberto muita coisa boa, autores interessantes e criativos, com um trabalho de alto nível — talvez alguns nomes nem sejam novidade para quem acompanha de perto esse gênero, o que não é o meu caso.

Quatro leituras se acumularam e desafogo aqui.

A primeira delas é Intrusos (Nemo), de Adrian Tomine. É literatura transformada em quadrinho. São seis contos que retratam de forma crua a vida contemporânea. Fracassos e ilusões dominam as histórias, em diálogos e ilustrações carregados de realismo.

Se o retrato avança por relações afetivas e familiares para mostrar como a vida bate de verdade em qualquer um, Tomine não deixa de inserir um pouco de humor desses dramas. Essas doses reforçam o talento do artista, que entrega um livro que é dos reflexos mais poderosos desta primeira metade do século 21.

Jeff Lemire é outro que consegue, com tão pouco, retratar esses mesmos dramas — o canadense, que descobri no ano passado, após ler “Nada a Perder”, já é um dos meus autores favoritos.

Após ler o estupendo “Condado de Essex”, cheguei a O Soldador Subaquático (Mino). Jack Joseph é o soldador do título que trabalha em uma plataforma de petróleo na costa da Nova Escócia. Sua mulher está grávida, e a paternidade gera insegurança e reflexões que afetam seu desempenho profissional.

As ilustrações de Lemire são de uma expressividade impressionante, uma característica do seu traço — uma elegância escondida em preto e branco e com acabamento rústico.

Em algum momento, Joseph se depara com uma memória do passado que o faz questionar toda a vida que vem carregando. Sem cair no sentimentalismo, Lemire oferece um história que leva o leitor a mergulhar na mesma reflexão do protagonista. Lemire é um autor a ser lido — já comecei a série “Gideon Falls”.

Tom Gauld é cartunista da The New Yorker e em Golias (Todavia) ele propõe outro tipo de reflexão. A HQ recria o mito bíblico de Davi e Golias, mas pela perspectiva do gigante.

Em tons monocromáticos, o livro tem pouco movimento. Os desenhos se repetem, assim como as soluções de traço de Gauld. E isso é uma qualidade, pois o que poderia ser uma representação estática se revela um poder de síntese essencial para o desenvolvimento da história.

Solidão, melancolia, doçura, o absurdo da guerra, essas questões emergem das páginas com vigor que não se ampara no excesso.

Golias é o gigante convocado para enfrentar Davi, missão que ele tenta a todo custo evitar — uma espécie de Bartleby fracassado. Desajeitado, ele vai ao campo de batalha enfrentar o adversário. O passar do tempo faz com que Golias duvide da necessidade de sua missão, enquanto o tempo passa como se nada precisasse acontecer.

Tempo é uma das características essenciais de O Dia de Julio (Nemo), de Gilbert Hernandez, um dos criadores da revista “Love and Rockets”. Nesta HQ, acompanhamentos 100 anos da vida de Julio, de 1900 a 2000. Não há indicação clara de onde a ação se passa, a não ser a caracterização de uma vida no campo.

A transição de tempo exala uma técnica narrativa raramente vista. O leitor ultrapassa guerras, emancipação feminina, dramas familiares, afetos contidos, em histórias que se multiplicam e se conectam com precisão.

A HQ é delicada e cativante. Acompanhamos o personagem e entendemos como ele conduz sua vida, assim como enxergamos nas histórias paralelas vidas próprias e reais.

Quadro de “Intrusos”
Quadro de “Intrusos”
Página de “O Soldador Subaquático”
Página de “O Soldador Subaquático”
Sequência de “Golias”
Sequência de “Golias”
Ilustração de “O Dia de Julio”

2 comentários em “Notas de Leitura: 4 HQs fenomenais

  1. Gilbert Hernandez é maravilhoso, não à toa suas histórias são comparadas às de Gabriel Garcia Marquez. Esse do Tomine ainda não vi mas, pela descrição, segue seu estilo slice of life, que curto bastante. Jeff Lemire conheci no ano passado com Condado de Essex. O traço é realmente deslumbrante, mas a narrativa é que pega mesmo, super forte.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s