Um caminho para o blog

Não sou muito fã das colunas sobre livros que existem no Brasil. As que conheço se apoiam em antecipar lançamentos e dizer qual editora comprou os direitos de determinado livro. Ficam nesse jogo de “quem conhece mais gente no mercado editorial”, que cansa e não dá prazer nenhum de ler.

Não é isso que espero de uma coluna sobre livro.

Prefiro seguir o Daniel Dago, tradutor de holandês, que no Facebook publica os livros que chegam às pré-vendas — ele faz uma varredura rigorosa nas páginas das editoras e em livrarias. É o melhor guia para saber quais livros serão lançados e quem foi o tradutor.

O trabalho dos colunistas agrada muito às editoras, que reproduzem os trechos dos sites e jornais em seus canais. Para o leitor, duvido muito que haja eficiência. Leio porque virou rotina, mas se sumirem não farão falta.

O formato que imagino para uma coluna sobre livros seria algo mais autoral, com espaço para listar um ou outro lançamento, tecer comentários sobre leituras, explorar alguma experiência relacionada ao livro, algo nessa linha.

É isso que proponho para o blog a partir de agora. Uma coluna quinzenal, como se fosse uma newsletter. Por enquanto, vou entregar apenas como texto no blog, pois transformá-lo em newsletter exigiria um esforço que não posso cumprir neste momento.

O nome é este: Notas de um Leitor. Nada muito criativo, certamente, um clichê, mas é o que veio no momento — se algum raro leitor quiser sugerir outro nome, sinta-se à vontade. Nada impede a mudança até lá ou depois.

O formato também será dinâmico, ou seja, a segunda coluna não será igual à primeira, caso perceba que algo não funcione ou não tenha fôlego. Permito-me a essa inconstância.

Assim seja. A primeira edição vai ao ar no dia 24 de março, um sábado, dia tradicionalmente dedicado à literatura nos velhos jornais, desde o finado redivivo JB aos resistentes Globo, Estado e Folha.

Entre uma edição e outra, nesse intervalo de 15 dias, pode surgir um comentário, uma entrevista ou qualquer outra peça no blog. Espero desta forma dar uma sobrevida a este canal, que se encontrava rumo ao fim.

Anúncios

3 comentários em “Um caminho para o blog

  1. Ricardo, tu já pensou em chamar algumas pessoas – falo de gente “comum”, não críticos profissionais – que escrevam sobre livros e dá início a esse newsletter? com mais gente, mais possibilidade que possa ocorrer.

    mas em relação a tua ideia ela é boa e imagino que não exija muito do teu tempo. é uma solução interessante mesmo.

    teu blog é dos bons. e são poucos que conseguem ainda escrever sobre literatura nesse país. continua.

    abraço.

    Curtir

    1. Caro, o problema da newsletter nem é o conteúdo. Seria basicamente o mesmo que vou publicar no sábado. A questão é o gerenciamento da ferramenta. Não tenho tempo para administrar um Mailchimp neste momento. No blog, desce pronto.
      Mas certamente vai evoluir para uma newsletter.
      Vou continuar desta forma, Mozart. Acho que assim o blog se mantém.
      Sábado começa. Espero sua leitura e seus comentários.
      Grande abraço

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s