Listas

Leituras de Carnaval – 18 indicações

O blog convidou escritores, leitores, gente que trabalha com livro, todos com uma relação muito particular com a leitura, para indicar títulos a serem apreciados no Carnaval.

A lista tem 18 sugestões. Ao final, o blog também indica o seu livro.

Bom feriado a todos.

*****

Marcelo Mirisola, autor de “O Azul do Filho Morto”

⇒ “Armação da Piedade” (Soul Kitchen Books), de Nilo Oliveira, e “Enquanto Nossos Meninos Dormem” (Oito e Meio), de Renato Lemos

livro-a-sexta-extinco-uma-historia-no-natural-novo-669801-MLB20426471777_092015-OLygia Calil, jornalista e professora do 1000 na Redação, além de musa inspiradora do blog
⇒ “A Sexta Extinção – Uma História Não Natural” (Intrínseca), de Elizabeth Kolbert.

“Não se incomode de ser taxado de nerd só porque quis ler um livro de ciência em pleno Carnaval. Na verdade, essa leitura é fundamental para entender o impacto da atividade humana no planeta, embalada em um texto delicioso e divertido. É fácil se deixar envolver pela prosa de não-ficção da jornalista norte-americana Elizabeth Kolbert, vencedora do Pulitzer, e até esquecer do sofá e do Netflix nos dias de folia.”

HOMEM_LIVRE_1419173953427048SK1419173953BPablo Pacheco, jornalista e autor do blog Reflexões Mínimas sobre Tudo

⇒ “Homem Livre” (Ciao Ciao Editorial), de Danilo Perrotti Machado
“Foram necessários três anos, três meses e três dias para que o administrador e fotógrafo Danilo Perrotti Machado fizesse, de bicicleta, uma travessia de 50 mil quilômetros por 59 países. Leitura para se inspirar nas aventuras de Danilo Machado e também para admirar as imagens feitas nas mais diferentes culturas.”

⇒ “Um Dia” (Intrínseca), de David Nicholls
“Em 2011, David Nicholls lançou ‘Um Dia’, que conta a história de Emma e Dexter e perfaz 20 anos das trajetórias dos dois amigos, ora juntando-os no emblemático dia 15 de julho, ora narrando os percalços de cada um durante o início da vida adulta e rumo à maturidade. Para não sair do lugar comum, é necessário dizer que o livro é bem melhor que o filme, também lançado em 2011.”

60191003Josélia Aguiar, jornalista e que atualmente escreve a biografia de Jorge Amado
⇒ “Dona Flor e seus Dois Maridos” (Companhia das Letras ), de Jorge Amado

“Vadinho morre no Carnaval bêbado travestido deixando uma viúva jovem e prendada, Flor, que se casará com um homem que é o oposto do finado, a correção em pessoa. As coisas se complicam quando o defunto começa a aparecer. Só a leitura do romance vai mostrar ao leitor, para além desse enredo conhecido pelas tantas adaptações, o retrato feito por Jorge Amado, em irônica picardia, das picuinhas e maledicências da vida baiana. Este é um narrador muito diferente daquele que os leitores conhecem de “Capitães da Areia”. Jorge Amado se torna a partir desta nova fase, na virada para os anos 1960, menos seco e mais humorado.”

Ricardo Lísias, autor de “Divórcio” e “Concentração e Outros Contos”
“Corpo Sepulcro” (Confraria do Vento), de Mike Sullivan

“É muito bom, muito denso.”

Dolores Mendes, jornalista e autora de “Ribanceira”
“Pele Crua, Palavras Temperada” (Gráfica Brasil), de Guimarães Lobo

“É um convite ao sensorial de nossas memórias. Doces, amargos, ácidos e ardidos contos derramam sobre o leitor um tanto de humanidade, um sarcasmo literário de excelente qualidade e de circunstâncias de pessoas normais, numa consequência normal de seus próprios atos e ações.”

Ivone Assis, cronista e editora

“O Quarto 65: Uma Janela para a Vida” (Assis), de Guilherme de Freitas.

“Uma obra que teve repercussão nacional, em que ele conta a trajetória do momento em que ele sofreu o AVC de ponte até o período de coma e pós-coma, aos 33 anos de idade. É um livro que faz pensar, especialmente em momentos de festa e de excessos.”

Tiago Ferro, editor da e-galáxia, que publica a revista “Peixe Elétrico”

“Paisagem em Campos do Jordão” (e-galáxia), de Marcelo Mirisola
“Uma peça cheia de quebras de hierarquia, gargalhadas e sexo. Ingredientes de vários carnavais.”

capaNossaSenhoraJuliana Gomes, consultora comercial e marketing para livrarias e editoras, coordenadora do projeto Leia Mulheres

⇒ “Nossa Senhora D’Aqui” (Arte e Letra), de  Luci Collin

“É um romance tipicamente paranaense com uma linguagem como de lá em casa e cheiro de café feito no fogão a lenha, comendo bolinho de chuva na tarde chuvosa.”

⇒ “Outros Cantos” (Alfaguara), de Maria Valéria Rezende

“As 20 primeiras páginas podem te deixar com vontade de parar de ler, mas não pare. Quando a narradora começa a te contar o porquê da volta para casa e como ela teve que ir embora, tudo muda. Altamente recomendável para quem gosta de referências sobre história dos direitos humanos e movimentos sociais, além de boa literatura.”

stephenking-revivalAna Paula Laux, jornalista, editora do literaturapolicial.com e coautora de “Os Maiores Detetives do Mundo”

⇒ “Revival” (Suma de Letras), de Stephen King
“A eletricidade é a base de toda a vida? É o que acredita o pastor Charles Jacobs, figura chave do suspense de Stephen King. Mais sutil do que aterrorizante, King aborda temas como o sobrenatural, a crítica ao fanatismo religioso e os segredos da vida após a morte. ‘Revival’ é um suspense que não acaba quando termina. Afinal de contas, a dúvida é recorrente: e se essa ficção fosse um retrato da verdade?”

seis-problemas-dom-isidroRogério Christofoleti, jornalista, escritor, professor universitário e coautor de “Os Maiores Detetives do Mundo”

⇒ “Seis Problemas para Dom Isidro Parodi” (Biblioteca Azul), de Jorge Luis Borges e Adolfo Bioy Casares
“Por quê? Ora, os dois escritores argentinos criaram um personagem para assinar o livro, Bustos Domeq, uma alegoria típica de Carnaval: ser outra pessoa pelo menos por um curto período… Assumiram a fantasia, vestiram suas máscaras e saíram por aí, desfilando por um gênero que não era propriamente deles.”

sempre-em-movimentoPaulo Sales, jornalista
⇒ “Sempre em Movimento” (Companhia das Letras), de Oliver Sacks

“Sugiro um livro que pode ser ótima companhia para os dias de ócio do Carnaval: ‘Sempre em Movimento’, autobiografia do neurologista e cientista Oliver Sacks, morto no ano passado. Um testemunho corajoso e cheio de generosidade para com a alma humana. Intelectual de inclinação humanista, Sacks escreveu um livro terno em muitos momentos, cômico em outros, nos oferecendo uma prosa que mesmo nos momentos de maior complexidade é acessível e envolvente. Sua trajetória foi brilhante e o seu legado ainda está por ser totalmente mensurado. Ótima leitura para quem se interessa por uma vida produtiva, bem vivida e altruísta.”

reilearNélio Barbosa, jornalista
“Rei Lear”, de William Shakespeare

“Suas obras continuam atuais mesmo após quatro séculos de sua morte. O ‘inventor do humano’, como define Harold Bloom, trabalha em ‘Rei Lear’ uma série de análises sobre a estrutura de poder, as relações familiares e propõe reflexões sobre a vida. A obra é uma paródia sobre a lógica do sistema político e de valores. Talvez, Lear precisasse ter ouvido uma das frases mais emblemáticas de outra tragédia shakespeariana. Hamlet certamente diria: “Tem algo de podre no Reino da Dinamarca”. Leitura rápida, que flui. Linguagem agradável e enredo que cativa.”

a_amiga_genial_capaAlexandre Vidal Porto, autor de “Sergio Y. Vai à América”
“A Amiga Genial” (Biblioteca Azul), de Elena Ferrante

“É o primeiro de quatro volumes sobre a história e a relação de duas amigas em Nápoles. O livro é considerado uma obra-prima moderna. Em uma palavra: maravilhoso.”

 

 

*****

O blog indica “Adam & Evelyn” (Cosac), de Ingo Schulze. Uma crônica da queda do muro de Berlim e da descoberta de um mundo novo naquele 1989. É uma história de amor temperada com uma road trip pelos países da Cortina de Ferro num momento em que as pessoas começam a experimentar a liberdade. Leitura deliciosa, propícia para dias de ócio e descanso.

Anúncios

2 thoughts on “Leituras de Carnaval – 18 indicações”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s