Brasil, Colaboração, Ficção, Reportagem

Jim Morrison inspira faroeste caipira

Por Lygia Calil *

capaOito anos depois de flertar com a poesia em seu primeiro livro, “Herói Hesitante”, o mineiro Danislau está de volta às letras. Vocalista (e um dos letristas) da banda Porcas Borboletas, o doutorando em teoria literária acaba de lançar sua primeira obra em prosa, “Hotel Rodoviária” (independente).

A narrativa é centrada no frenético personagem Jim da Silva, explicitamente inspirado no vocalista da banda The Doors, Jim Morrison. Sedutor inveterado e certamente um tanto picareta, ao longo do livro, ele desempenha funções que vão de ator pornô a “padre guapo”, passando por coisas estranhas como narrador de strip-tease e de lutas de boxe.

Para o autor, o que define o personagem é a tríade beatnik sexo, violência e linguagem. “Jim da Silva é um cara que leva a vida como se fosse uma eterna trepada. O discurso e a narrativa são determinantes para essa vivência dele. E, claro, o sexo tem um quê de violência”, diz.

Embora a ambientação e os personagens remetam a Bukowski e Reinaldo Moraes, Danislau afirma que buscou mais inspiração no cinema brasileiro e na música. “Minha base de formação de leitor é Guimarães Rosa. Para o livro, trouxe um vigor e um tesão que vejo no novo cinema pernambucano e nas performances da Karina Buhr. Não é uma inspiração óbvia e estilística, mas, sim, uma pegada mais intensa que vejo neles.”

E o que pode soar mais pop e estranho do que um pistoleiro chamado Marco Nicarágua viciado em bombons? Ou talvez Churrasco Bill, outro tipo igualmente marginal, que pira depois de provar uma perigosa cachaça que curtiu uma cobra coral?

Lado a lado, eles percorrem ao longo dos capítulos uma geografia muito particular, transformando a segunda parte da leitura em uma road trip, desbravando paisagens de abandono e decadência – em que o interior de Minas é estranhamente próximo e parecido com o norte do México ou o sul dos Estados Unidos. Em uma palavra: faroeste. “Para mim, os filmes norte-americanos de faroeste são tão presentes no imaginário e na cultura brasileira quanto o feijão tropeiro. É de raiz”, diz.

A ambientação leva o leitor a ícones como clubes de strip-tease e biroscas de beira de estrada. Curiosamente, lugares em que não é difícil de imaginar a presença de músicos de rock, como o próprio Danislau, em turnê. “Com o Porcas, a gente viaja muito de van. Então, é claro que na estrada esse tipo de paisagem se impõe. Me vejo tocado pela força da poesia delas”.

Grande parte do livro traz uma linguagem cinematográfica – uma delas, inclusive, é organizada como uma cena filmada. Levar a obra para as telas é um exercício que interessa a Danislau. “Gostaria muito de fazer isso. O (diretor) Carlos Segundo Tchê está rodando o ‘Herói Hesitante’, uma iniciativa muito bem-vinda”, diz.

O escritor Danislau | Foto: Luiza Gudes
O escritor Danislau | Foto: Luiza Gudes

No início da carreira com o Porcas Borboletas, há quase 15 anos, Danilo Teixeira escolheu ser conhecido pelo nome artístico Danislau Também, mas anda enjoado do sobrenome fictício, que vem deixando de lado. No livro, assina só como Danislau.

Nascido em Uberlândia, no Triângulo Mineiro, atualmente ele mora em São Paulo, onde dá aulas de teoria literária, toca projetos pessoais e segue com a banda. “Para mim, rock, texto para jornal, poesia, post de Facebook e sala de aula são tudo uma coisa só: discurso e liberdade. Meu trabalho é costurar essas várias possibilidades”, afirma.

O livro pode ser encomendado por e-mail, disponível nesta página.

*****

“Marco nunca foi de se desgastar por ciúme de mulher. A bala e o chicote sempre foram da máxima eficiência, nos casos de ciúme. Mas o que fazer, se lhe metiam as mãos nos chocolates? Matar por conta de um bombom? Morrer, sim. Morte muito digna: tombar por um sonho de valsa.”

*****

* Reportagem publicada em “O Tempo”

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s