Apoio à leitura, Colaboração

Apoio à leitura: de carona com o motoboy

Mais uma matéria da tag Apoio à leitura. Desta vez, uma empresa de motoboys que montou uma biblioteca e distribui livros nas ruas.

*****

Por Livia Cerezoli

Na Translig, empresa de motofrete localizada na região de Pinheiros, em São Paulo, as entregas são sempre acompanhadas com um pouco de história, seja pelo conhecimento adquirido pelos motoboys ou mesmo dentro dos pacotes enviados aos clientes.

Desde quando foi criada, em 2006, a empresa mantém um projeto de incentivo à leitura que envolve a direção, os funcionários, os clientes e a comunidade em geral.

Tudo começou com a Translivroteca, uma pequena biblioteca criada para que os motoboys pudessem aproveitar de uma maneira mais criativa os intervalos entre uma corrida e outra. Segundo Rafael Bernardes, gerente-comercial da Translig e um dos idealizadores do projeto, a ideia era oferecer uma nova oportunidade aos funcionários. “A maioria deles não tinha o hábito da leitura e nem tinha lido um livro inteiro. Hoje, é muito gratificante saber que eles saíram do analfabetismo funcional.”

Os primeiros livros foram comprados por Bernardes e por sua mulher, a incentivadora do projeto. Depois, quando a iniciativa passou a ser conhecida pelos clientes, as doações começaram a chegar. E foram tantas que o espaço físico da empresa ficou pequeno. Foi assim que surgiu a ideia de compartilhar os livros.

“Criamos então uma corrente de leitura. Passamos a enviar os livros com as encomendas aos nossos clientes. Dentro de cada um dos exemplares colocamos uma explicação sobre o projeto, dizendo que aquele livro, depois de lido, deveria ser repassado para outras pessoas”, diz o gerente.

E a ideia do compartilhamento deu tão certo que a distribuição dos livros passou também a ser realizada na frente da empresa. Uma pequena estante, chamada de minibiblioteca, foi instalada na calçada e, dois dias por semana, pelo menos 50 livros são colocados à disposição de quem passa pelo local.

De acordo com Bernardes, qualquer pessoa pode pegar o livro e levar para casa, desde que assuma o compromisso de manter a corrente ativa. “É preciso fazer o livro circular sempre.”

Motoboy na biblioteca da empresa
Motoboy na biblioteca da empresa

No início, Bernardes conta que as pessoas achavam estranho a presença dos livros e não se sentiam à vontade para pegar os exemplares. Depois, quando o projeto passou a ser mais conhecido, o acesso aos livros tornou-se mais frequente e, hoje, é grande o número de pessoas que pegam os exemplares.

Desde a criação, o projeto já recebeu a doação de 15 mil títulos, e o gerente da Translig acredita que desses pelo menos 12 mil foram doados. Hoje, no acervo interno da empresa, estão à disposição dos motoboys 3.500 livros de literatura. Ao todo, a empresa emprega 35 motoboys que atendem toda a Grande São Paulo.

O projeto de leitura desenvolvido pela Translig cresceu, com a parceria com o Instituto Mobilidade Verde. Os livros passaram a ser distribuídos também na ciclovia da avenida Faria Lima, em Pinheiros. “Ganhamos do instituto uma bicicloteca, e nossos motoboys fazem a distribuição dos livros sempre às segundas, quartas e sextas-feiras, das 12h às 14h. Esse é o horário de maior fluxo de pessoas no local, e o projeto tem sido um sucesso”, diz Bernardes.

Segundo ele, o desenvolvimento de ações como essas tem impactado de forma bastante positiva o desempenho da empresa. A relação com os clientes se tornou mais direta porque hoje eles vão até a Translig levar os livros para doação. “Além disso, ganhamos novos clientes, que chegaram até a gente por meio do projeto. Nosso objetivo sempre foi desenvolver um trabalho social, mas é inevitável não associar o bom desempenho da empresa a ele. A Translig tem registrado crescimento de 30% ao ano, mesmo em um momento econômico não muito favorável ao país.”

Quem se interessou pelo projeto e tiver livros para doar pode procurar a empresa, localizada na rua dos Pinheiros, 1.220, em São Paulo. A Translig aceita livros de literatura em geral, exceto enciclopédias e livros didáticos. No endereço eletrônico da empresa existem outras informações.

Anúncios

1 thought on “Apoio à leitura: de carona com o motoboy”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s